Quem foi Jaime Kratz

Carol-Kratz-un-legado-de-amor2-211x211.jpg

A mãe do pastor Jaime Kratz não teve filhos, porém a família Kratz adotou vários filhos, e ele cresceu com vários irmãos adotivos. Durante a sua infância não teve muito tempo para brincar. Ele era músico e tocava muito bem teclado. Era organista e pianista. Nos anos “60” gravou dois discos que foram bem aceitos aqui no Brasil. Estudou em Cascade College em Portland e em Kansas City para atender o chamado de Deus para ser pastor. Era casado com Carol Jeanne Gregory. Teve um filho chamado J. Eldon Kratz e adotou Dean Kratz e Leeroy Kratz, que perderam a mãe com câncer.


Pastor Jaime Kratz gostava muito de ler a Bíblia e decorava capítulos da Bíblia. Não gostava muito de esportes, mas tinha o hábito de andar três a cinco quilômetros todos os dias. Em 1960 o Pastor Jaime Kratz veio para o Brasil, morou em Campinas em três diferentes períodos. Foi Pastor da Igreja do Nazareno de Campinas quatro anos – de 1964 a 1966 e 1978 a 1979.


Era um excelente Pastor, cuidava com muito carinho das pessoas da Igreja e não media esforços para abraçar, e ajudar todos. Por isso também foi tão amado. Além de ser pastor também gastava muita energia treinando, preparando e influenciando outros pastores. Dava aulas no Seminário da Igreja do Nazareno e ajudou a implantar várias igrejas em São Paulo, Rio de Janeiro, Natal e em Goiânia. Só Deus sabe quantas pessoas foram impactadas pelo bom exemplo do Pastor Jaime Kratz.

Ele amava muito as crianças, e para prender a atenção delas enquanto contava as histórias da Bíblia usava órgão eletrônico para produzir efeitos sonoros nas histórias de Davi e Golias. Também tinha um boneco chamado Cícero que conquistava a admiração tanto das crianças como também dos adultos. Ele estava se preparando para voltar ao Brasil com uma equipe de quarenta pessoas para darem início a construção da Igreja do Nazareno em Mesquita no Rio de Janeiro quando Deus o chamou para perto de Si.


Na semana em que morreu estava conduzindo uma campanha evangelística em Conquille, Oregon. O Pastor Jaime Kratz faleceu de um enfarte fulminante sem tempo de ser socorrido em 1991. A última vez que ele pisou na terra que ele tanto amava (o Brasil) foi em agosto de 1990. Pastor Jaime Kratz não tinha títulos, mas era um servo fiel a Deus. Só Deus sabe quantas pessoas foram e serão influenciadas pelo seu bom exemplo aqui no Brasil e ao redor do mundo. Sua principal marca era se importar com os outros. Ele nunca usava pessoas, mas sim sempre as amava. “Um bom pastor é aquele que cuida bem das ovelhas”. Dois dos seus versículos preferidos eram:


“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daqueles que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (I Pedro 2:9).


“Aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da glória deste ministério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da glória” (Colossenses 1:27).