Período Integral - Educação Infantil Bilíngue

Opções de período do curso:

07h 30min. às 17h 45min.

 

 

As turmas de jornada de tempo integral da Educação infantil serão compostas da seguinte forma:

 

·         Mini - Maternal – crianças de 02 anos

·         Maternal – crianças de 03 anos

·         Infantil – crianças de 04 anos

·         Pré – crianças de 05 anos

 

| Mensalidade

 

R$ 1850,00 - com almoço e dois lanches | Curso imersivo de Inglês | Método You

 

| Atividades envolvidas na educação em período integral

  • Artes e trabalhos manuais
  • Expressão corporal
  • Culinária
  • Música
  • Inicialização no Esporte
  • Inglês
  • Brinquedoteca
  • Hora da História e Biblioteca
  • Parque
  • Jogos
  •  

| Sobre o curso integral da Educação Infantil

 

O atendimento dar-se-á em tempo continuo, sem que haja fragmentação dos turnos letivos. Em verdade, a jornada de tempo integral pressupõe um turno único, mesmo que haja mais de um professor conduzindo as atividades durante a manhã e/ou a tarde.

Para alcançarmos nossos objetivos, é necessário que haja integração entre o trabalho realizado pelos professores que conduzem as atividades no matutino e no vespertino.

 

Durante o dia letivo, a criança realizará 03 refeições diárias, sendo o cardápio apropriado para as especificidades próprias da faixa etária.

Para que a escola possa propiciar o atendimento em tempo integral, é necessário que haja alteração na estrutura mínima a fim de imprimir qualidade ao atendimento.

 

| Sobre a rotina da Educação Infantil

 

A organização do trabalho pedagógico deve considerar as relações e os vínculos que a criança precisa estabelecer tanto com seus pares quanto com os adultos que a estão acompanhando. Para construção e o fortalecimento de interações e do vínculo, é imprescindível a convivência diária contínua e esta depende de uma rotina dinâmica, motivadora e inovadora.

A organização do trabalho pedagógico na Educação Infantil precisa ter como núcleo a organização do tempo, dos ambientes e dos materiais, sendo que estes, integrados, possibilitam uma rotina condizente com os interesses e as necessidades infantis. A rotina deve ter como meta as aprendizagens e, por consequência, o desenvolvimento integral das crianças.

            A seguir, propomos um exemplo de como as atividades diárias podem ser distribuídas em uma rotina, sendo:

 

  • De 07h30 às 08h00: acolhida as crianças;
  • De 08h00 às 09h45: atividades pedagógicas planejadas, tendo como núcleo a sala de aula e/ou outros espaços como a brinquedoteca, biblioteca, pátio, parque, etc;
  • De 09h45 às 10h15: período destinado a 1ª refeição - lanche;
  • De 10h15 às 11h30: Aulas de Artes, Inglês, Culinária, Oficina de Ludicidade e Iniciação ao Esporte.
  • De 11h30 às 13h00: período destinado à 2ª refeição - almoço, higienização bucal, descanso/sono.
  • De 13h00 às 14h45: atividades pedagógicas planejadas, tendo como núcleo a sala de aula e/ou outros espaços como brinquedoteca, biblioteca, pátio, parque, etc;
  • De 14h45 às 15h15: período destinado a 3ª refeição - lanche e higienização bucal;
  • De 15h15 às 17h00: atividades pedagógicas planejadas, tendo como núcleo a sala de aula e/ou outros espaços como brinquedoteca, biblioteca, pátio, parque, etc;
  • De 17h00 às 17h45: atividades para horário especial.

 

Esse exemplo de rotina é um dos muitos possíveis. O importante é que a rotina não seja uma camisa de força e que seja adequada às necessidades da criança e não o inverso. A estabilidade que a rotina oferece – elemento importante para a criança - não pode significar a repetição, o automatismo, o fazer sempre igual.

Os períodos destinados às atividades diárias realizadas sob responsabilidade do professor podem e devem ocorrer dentro de sala de aula e/ou em outros espaços: brinquedoteca, biblioteca, pátio, parque, laboratório de informática, ambientes externos, etc.

É importante que, na perspectiva da educação integral e do respeito à infância, as crianças não fiquem durante todo o dia nas salas de aula, sentadas e realizando atividades  repetitivas e sustentadas apenas em impressos.

 

A escola deverá fazer sua escala de atendimento em cada um dos espaços apontados, de forma que todas as crianças tenham, diariamente, acesso a maior quantidade possível de oportunidades educacionais em diversos espaços/ambientes.

Os professores são responsáveis pelas crianças em todos os momentos do dia. Entretanto, em horários de refeição, por exemplo, é preciso o envolvimento de outros profissionais. Nesse momento, o acompanhamento das crianças torna-se responsabilidade de todos, sejam estes professores, funcionários da cozinha, auxiliares de educação, coordenadores pedagógicos e gestores.

Para melhor atendimento de cada criança e de cada turma, indicamos a necessidade de profissionais de apoio, especialmente necessário nos momentos de entrada e saída, refeições, sono e repouso.

O horário do sono é um momento a ser pensado. Isto porque nem todas as crianças têm o hábito de dormir durante o dia. É preciso, então, conjugar a supervisão do sono de algumas com o repouso de outras. Além destas situações, ainda é possível que algumas não consigam nem dormir nem repousar, pois isto depende de hábitos que vêm de casa. Aos profissionais, caberá providenciar atividades adequadas às experiências individuais.

 

O Coordenador de Educação Integral designado ao apoio participa das atividades desde o planejamento, aplicação e avaliação do processo de ensino aprendizagem.

Outro profissional que muito pode colaborar para o trabalho da pré-escola em jornada de tempo integral são os  professores de Educação Física, Inglês, Artes, Música e Dança.

No período em que a criança estiver sob a responsabilidade de outro  profissional, o professor regente deverá acompanhar a classe.  Este período de aula pode também constituir-se como espaço de troca de informações e experiências pedagógicas vivenciadas, a fim de evitar as rupturas cronológicas, didáticas ou outras de qualquer ordem no trabalho.

15 mil_5.jpg